Filmografia: somos tão jovens, nick e norah, até que a sorte nos separe e terror!

Oi, pessoal!
Saudades de escrever no filmografia. É uma das minhas categorias favoritas aqui no blog!

collage444444444444444444 O primeiro, no cinema. O segundo é novo na coleção. Os últimos, no telecine!

1. Somos tão jovens (2012): Conta a história de Renato Manfredini (Renato Russo ❤) e a sua trajetória. Passa pelo Aborto Elétrico, pelo surgimento do Capital Inicial e, claro, mostra o início da Legião Urbana!

Talvez eu tenha ido aos cinemas com uma expectativa muito grande com relação à esse filme, mas acabei me decepcionando um pouco. O filme cumpriu o que se propôs a fazer: mostrar como as bandas surgiram. Esse é o foco, mas parte disso gera a minha decepção: a vida do Renato por si foi meio deixada de lado. Certo que o filme não é sobre ele, mas poderia ter sido tão melhor aproveitado! A história dele é gigantesca, passa por tantos momentos (uns melancólicos, outros grandiosos, vários importantes), mas algumas coisas “bobas” foram postas em evidência enquanto outras muito mais importantes não foram sequer mencionadas. O Renato é um garoto meio perturbado e arrogante que era punk e virou rockeiro e montou uma banda, basicamente. O personagem é vago. Todas as outras coisas que o fazem ser quem é (e inspiraram as suas letras) foram faladas superficialmente… E o final terminou de forma súbita e sem nexo. Eu fiquei: “Sério que vai acabar aí? Ainda tem tanta coisa!”… É como se tivessem tentado pôr o foco tanto nas bandas quanto no Renato e acabaram fazendo a coisa toda malfeita. ):

MAS, é um bom filme e pouco se pode criticar das atuações, dos cenários (MINHA Brasília linda!), da fotografia do filme e das cenas fantásticas.

Minha classificação: 3/5 estrelas.

2. Nick e Norah: uma noite de amor e música (2008): Muito amor!
Eu comprei esse filme há pouco tempo, pensando que ainda não tinha assistido, e resolvi vê-lo com a mamãe a a minha irmã. Descobri que eu já tinha assistido! Conta, basicamente, sobre a história de um grupo de “amigos” que passam o filme inteiro procurando uma garota bêbada por Nova York. É engraçado, é leve, é romântico, despretensioso. Bem sessão da tarde, bem amor! Gosto do fato do filme inteiro se passar apenas em uma única noite e gosto do rumo e das reviravoltas que ele toma.
p.s.: Preciso mencionar que a trilha sonora é apenas fantástica. ♥

Minha classificação: 3.5/5 estrelas.

3. Até que a sorte nos separe (2011): Conta a história de uma família que ganhou na loteria e vive há quinze anos com esse dinheiro até um dia que… Ele acaba.

Me surpreendi. Talvez o sucesso de um filme seja o nível de expectativa que você tem ao ir assisti-lo, certo? De qualquer forma, assisti esse filme no telecine e pensei que seria um filme para rir e só. É um filme muito, muito engraçado, bobo, e previsível – mas até uma parte. No final do filme ele ganha uma reviravolta impensada e questiona até o nossa percepção sobre um dos personagens do filme e isso nos faz pensar.

Classificação, pela minha mãe: 4/5 estrelas
Minha classificação: 3/5 estrelas 

4. O espantalho (2011): Eu não costumo assistir filmes de terror (sou bem medrosa mesmo, não gosto), então esse foi uma grande exceção. Estava passando no telecine pipoca e eu comecei a assistir… Fala sobre um grupo de amigos que, depois que um bando de corvos quebra o para-brisa do carro, são forçados a parar perto de um milharal gigantesco e, dentro dele, encontram uma casa abandonada.

Talvez eu seja suspeita para falar, mas: eu morri de medo. E de raiva. Quão sonsa as pessoas conseguem ser em filmes de terror, pelo amor de Deus? Eu sei que se eu visse algo minimamente sobrenatural ou perigoso, rapaz, nem minha sombra ficava para contar a história. É tipo: “Oi, eu sou o perigo. Me siga e eu vou te matar!” E adivinha? A pessoa segue. Nunca vou entender isso. Mas eu achei o filme bem elaborado porquê tem uma “lógica” (que você entende no final do filme) e não são apenas cenas assustadoras aleatórias e sem uma história, como a maioria dos filmes de terror que eu já vi.
Só que o final… AH, o final!

Minha classificação: 3/5 estrelas.

E vocês? Já assistiram algum desses filmes?

Obrigada por tudo, pessoal! Sempre.

{♥}

Anúncios

{18/52} little things

Oi, pessoal!
Eu sei que prometi não atrasar mais, mas a vida anda tão corrida, tão linda, tão cheia de coisa!
Bom, a semana (passada) foi basicamente “Ai meu Deus, semana que vem já é o show do Paul!!!” e faculdade, por isso ela foi pouco útil, fotograficamente falando… Mas espero que gostem, da mesma forma! (:

Porque poucas coisas nessa vida são tão bonitas quanto as cores desse entardecer nosso de cada dia...

{18/52} Porque poucas coisas nessa vida são tão bonitas quanto as cores desse entardecer nosso de cada dia…

E as outras fotos da semana:

111111111

IMG_9589jjjjjjjjj

IMG_9574111111111111

... não disse?

… ❤

Novos na coleção. ❤

Novos na coleção. ❤

{17/52} fazendo a índia do Roberto Carlos

Oi, pessoal!
Finalmente acabou meu atraso com os 52 sorrisos! O título é por causa da música “Índia”, do Roberto Carlos. Quando decidi a foto da semana (que foi tirada por acaso, só para ilustrar esse post), essa música veio na minha cabeça na hora e não saiu mais auhauahua

{17/52}

{17/52} “Índia, seus cabelos nos ombros caídos… Negros como a noite que não tem luar!” 

As outras fotos da semana ♥:

collage1

O pôr do sol, da janela do meu quarto. Tão maravilhoso!

Mais linda do mundo (e da vida) que eu comprei ♥

Mais linda do mundo (e da vida) que eu comprei ♥

Poucas coisas me deixam tão feliz quanto comprar livros e filmes. Esses são os mais novos da minha coleção ♥

Poucas coisas me deixam tão feliz quanto comprar livros e filmes. Esses são os mais novos da minha coleção ♥

141

*descabelada*

142

1489

Boba!

collage2

Um dos meus cantos preferidos, na minha casa. E essa luz, as cores… Acho tão aconchegante!

E é isso!
Espero que tenham gostado das fotos da semana!

Obrigada por tudo, pessoal, sempre e sempre.

P.S.: com relação ao cubo mágico, descobri que é mais difícil ensinar do que eu pensava, mas rapidinho eu volto pra cá com o tutorial. *u*

 

{♥}