Certas coisas

IMG_9088

“Não existiria som se não houvesse o silêncio
Não haveria luz se não fosse a escuridão
A vida é mesmo assim
Dia e noite, não e sim

Cada voz que canta o amor não diz tudo o que quer dizer
Tudo o que cala fala mais alto ao coração
Silenciosamente
Eu te falo com paixão

Eu te amo calado, como quem ouve uma sinfonia
De silêncio, e de luz
Nós somos medo e desejo
Somos feitos de silêncio e som
Tem certas coisas que eu não sei dizer

Vou te contar
Os olhos já não podem ver
Coisas que só o coração pode entender
Fundamental é mesmo o amor
É impossível ser feliz sozinho

O resto é mar
É tudo o que eu não sei contar
São coisas lindas que eu tenho pra te dar
O amor se deixa surpreender
Enquanto a noite vem nos envolver

Fundamental é mesmo o amor
É impossível ser feliz sozinho

Fundamental é mesmo o amor
É impossível ser feliz…
Tem certas coisas que eu não sei dizer

Nós somos medo e desejo
Somos feitos de silêncio e som…”

(Certas Coisas – Lenine e Zélia Duncan)


Essa é, sem dúvida, uma das músicas mais lindas que conheço. E o final dela tem trechos de Wave – Tom Jobim, outra que é mais do que linda!
A versão do vídeo é cantada pelo Lenine e pela Zélia Duncan, mas a Marjorie Estiano gravou uma versão lindíssima também: aqui.

Anúncios